Oferta de LANÇAMENTO: 10% desconto + Cópia Autografada
Oferta de LANÇAMENTo:
10% desconto+ 
Cópia Autografada

O Bebé 

Sabe Comer

A alimentação complementar do bebé através do Baby-Led Weaning

16,60€   14,94€*
*IVA incluído à taxa legal em vigor. Acresce portes de envio.

O Bebé 

Sabe Comer

A alimentação complementar do bebé através do Baby-Led Weaning

16,60€     14,94€
16,60€  14,94€*
                  IVA incluído à taxa legal em vigor
*IVA incluído à taxa legal em vigor. 
Acresce portes de envio.

Sobre a Autora

Olá, o meu nome é Marília Pereira. 

Sou Enfermeira Especialista em Saúde Materna, Consultora Internacional de Lactação (IBCLC), Formadora de Conselheiros em Aleitamento Materno pela UNICEF, Consultora de BLW, Consultora de Babywearing certificada pela ClauWi e Bebé no Pano e Instrutora de Massagem Infantil pela IAIM/APMI. Sou Fundadora do Projecto O Bebé Sabe.

Sou mãe da Inês e da Sara e com elas tenho aprendido a ser melhor pessoa e profissional. Todos os bebés são únicos, cada família tem as suas necessidades (e estas necessidades também serão diferentes ao longo do ciclo de vida). 

Sou uma apaixonada pela VIDA. Sinto-me uma privilegiada por fazer parte destes momentos únicos de cada família 💚

Sou a vossa Enfermeira Parteira e estou aqui para vos apoiar na vivência deste caminho maravilhoso (mas muitas vezes desafiante) que é a parentalidade. 

No livro O Bebé Sabe Comer, pretendo dar-vos as ferramentas para construírem o vosso caminho, à vossa medida, ao longo da introdução da alimentação complementar dos vossos bebés.  

A minha grande inspiração para confiar, em primeiro lugar nas minhas filhas e, posteriormente passar essa confiança a todas as famílias que acompanho, foi Gill Rapley. É autora do livro Baby-Led Weaning: Helping your baby to love good food e concedeu-me o privilégio de escrever o prefácio do meu livro.

Sobre a Autora

Olá, o meu nome é Marília Pereira. 

Sou Enfermeira Especialista em Saúde Materna, Consultora Internacional de Lactação (IBCLC), Formadora de Conselheiros em Aleitamento Materno pela UNICEF, Consultora de BLW, Consultora de Babywearing certificada pela ClauWi e Bebé no Pano e Instrutora de Massagem Infantil pela IAIM/APMI. Sou Fundadora do Projecto O Bebé Sabe.

Sou mãe da Inês e da Sara e com elas tenho aprendido a ser melhor pessoa e profissional. Todos os bebés são únicos, cada família tem as suas necessidades (e estas necessidades também serão diferentes ao longo do ciclo de vida). 

Sou uma apaixonada pela VIDA. Sinto-me uma privilegiada por fazer parte destes momentos únicos de cada família 💚

Sou a vossa Enfermeira Parteira e estou aqui para vos apoiar na vivência deste caminho maravilhoso (mas muitas vezes desafiante) que é a parentalidade. 

No livro O Bebé Sabe Comer, pretendo dar-vos as ferramentas para construírem o vosso caminho, à vossa medida, ao longo da introdução da alimentação complementar dos vossos bebés.  

A minha grande inspiração para confiar, em primeiro lugar nas minhas filhas e, posteriormente passar essa confiança a todas as famílias que acompanho, foi Gill Rapley. É autora do livro Baby-Led Weaning: Helping your baby to love good food e concedeu-me o privilégio de escrever o prefácio do meu livro.



Refeições saudáveis em família? 

Este é o livro!

IVA incluído à taxa legal em vigor

Refeições saudáveis em família? 

Este é o livro!

O Bebé Sabe Comer

Já ouviram falar em bebés que comem sozinhos? 
Este livro é sobre isso.
Já ouviram falar em refeições em família sem birras? 
Este livro é sobre isso.
Já ouviram falar em introdução da alimentação complementar descomplicada? 
Este livro é sobre isso.
Já pensaram que educar um filho não pode ser assim tão difícil? 
Este livro também fala sobre isso.

O Bebé Sabe Comer

Já ouviram falar em bebés que comem sozinhos? 
Este livro é sobre isso.
Já ouviram falar em refeições em família sem birras? 
Este livro é sobre isso.
Já ouviram falar em introdução da alimentação complementar descomplicada? 
Este livro é sobre isso.
Já pensaram que educar um filho não pode ser assim tão difícil? 
Este livro também fala sobre isso.

O que podes esperar deste livro

Neste livro vamos aprofundar um pouco mais a abordagem designada por Baby Led Weaning (BLW). Nesta forma de introdução da alimentação complementar os bebés participam, logo desde o início (pelos 6 meses), das refeições em família. Sentam-se à mesa com os pais, avós ou outros cuidadores e PARTILHAM o mesmo espaço, o mesmo tempo e a mesma refeição. 

Desta forma, os alimentos oferecidos ao bebé farão parte de uma alimentação equilibrada onde haverão menos probabilidades de se cair na monotonia (de se estarem sempre a oferecer os mesmos alimentos) e de carências nutricionais. Regra geral, oferecem-se alimentos em pedaços que o bebé consiga manipular, de consistência mole, ao invés dos “tradicionais” purés. Mas o BLW é muito mais do que oferecer alimentos em pedaços. Esse será o meio para atingir o fim: um bebé que come sozinho, mas não está sozinho.

01.

Baby Led Weaning (BLW)

02.

Desenvolvimento
do bebé

03.

Quando iniciar 

BLW?

04.

Como começar 
BLW?

05.

Alergias


06.

Princípios básicos de segurança

07.

A confusão,
a sujidade 
e o desperdício

08.

Trabalho e BLW,
 é possível?

09.

BLW fora de casa

10.

Dúvidas frequentes no BLW

11.

Plano Semanal BLW em família

O que podes esperar deste livro

Neste livro vamos aprofundar um pouco mais a abordagem designada por Baby Led Weaning (BLW). Nesta forma de introdução da alimentação complementar os bebés participam, logo desde o início (pelos 6 meses), das refeições em família. Sentam-se à mesa com os pais, avós ou outros cuidadores e PARTILHAM o mesmo espaço, o mesmo tempo e a mesma refeição. 

Desta forma, os alimentos oferecidos ao bebé farão parte de uma alimentação equilibrada onde haverão menos probabilidades de se cair na monotonia (de se estarem sempre a oferecer os mesmos alimentos) e de carências nutricionais. Regra geral, oferecem-se alimentos em pedaços que o bebé consiga manipular, de consistência mole, ao invés dos “tradicionais” purés. Mas o BLW é muito mais do que oferecer alimentos em pedaços. Esse será o meio para atingir o fim: um bebé que come sozinho, mas não está sozinho.

01.

Baby Led Weaning (BLW)

02.

Desenvolvimento
do bebé

03.

Quando iniciar 

BLW?

04.

Como começar 
BLW?

05.

Alergias


06.

Princípios básicos de segurança

07.

A confusão,
a sujidade 
e o desperdício

08.

Trabalho e BLW,
 é possível?

09.

BLW fora de casa

10.

Dúvidas frequentes no BLW

11.

Plano Semanal BLW em família

Neste livro, tudo o que precisas saber sobre BLW!

Neste livro, tudo o que precisas saber sobre BLW!

O Baby Led Weaning é...

estar atento aos sinais de prontidão.
bebé 100% no controlo.
respeito pelo bebé.
confiar no bebé.
foco no bebé e não nos pais.
refeições em família.
alimentação saudável.

O Baby Led Weaning é...

estar atento aos sinais de prontidão.
bebé 100% no controlo.
respeito pelo bebé.
confiar no bebé.
foco no bebé e não nos pais.
refeições em família.
alimentação saudável.

Vantagens

Incentivo à mastigação (importante no desenvolvimento motor da criança).
Possibilidade de descobrir cada sabor e diferenciar frutas e legumes, carne e peixe.
Os alimentos mantêm propriedades importantes, como as fibras.
Combate à obesidade infantil (estas crianças são mais propensas a comer de forma saudável e a ter um bom IMC na idade adulta).
Não se perde tempo a preparar refeições específicas para o bebé e este desfruta das refeições em família. O BLW oferece a conveniência sem os açúcares e o sal muitas vezes encontrados nos boiões do supermercado. 

Depoimentos

A primeira vez que tivemos contacto com a abordagem BLW estávamos grávidos de 5 meses. Vimos a filha de amigos a comer. Ela tinha 7 meses e ficámos espantados com o que estávamos a ver: a autonomia, a tranquilidade e o prazer marcou-nos. Pedimos mais informações e foi dessa forma que chegámos à Marília Pereira. Quando a nossa filha fez 6 meses, fizemos um curso com ela e experimentámos pela primeira vez esta abordagem com a Clara. Ela mostrou-se curiosa com os alimentos e durante algum tempo era tanto o alimento que ia para fora como para dentro. Aprendemos com a Marília que isto era normal, pois ela estava a aprender a mastigar. A tranquilidade da Marília e a passagem dos conhecimentos, aliado à experiência diária em família, fazia-nos sentir progressivamente mais seguros.

Tranquilidade caracteriza bem o nosso ambiente familiar na hora das refeições. Não lhe conhecemos uma birra ou irritação com a comida. É curioso observar o aumento da destreza, da motricidade fina, a progressiva autonomia, é delicioso acompanhar o prazer da Clara.

Sentimos que esta abordagem nos ensinou, ainda mais, a respeitar os ritmos da nossa filha. Agradecemos à Marília a disponibilidade e o carinho com que nos continua a acompanhar sempre que temos alguma dúvida.
Eneia e Vasco, pais da Clara
Sou mãe da MR, uma menina de 30 meses, e gostaria de partilhar convosco a nossa experiência no mundo da alimentação e como chegámos ao BLW. Conhecemos a Marília Pereira, na qualidade de enfermeira, em consulta de acompanhamento e de apoio à amamentação, a quem muito temos a agradecer em várias vertentes para além da amamentação, como é o caso do BLW. O motivo principal que me fez apaixonar por esta forma de alimentação e de introdução dos alimentos foi a minha história enquanto filha com uma péssima relação com os alimentos. A preocupação de não querer que a minha filha padecesse da mesma má relação com os alimentos foi meio caminho para procurar formas de fazer da hora de refeição um momento agradável e não uma pequena tortura. Depois de alguma leitura pelos princípios base e frequência num curso de preparação de alimentos para a introdução de alimentos por BLW, lá fomos nós para casa experimentar. Actualmente, a MR nos seus 30 meses é uma criança que tem uma relação saudável com a comida, sem qualquer restrição, o que nos permite em família ter momentos de refeição tranquilos (também temos os dias de birras e os dias em que não quer comer, que respeitamos) e de partilha, uma vez que a refeição é preparada para toda a família. Agradecer ao «nosso Baby-Led Weaning», pois fez com que a educação alimentar da MR fomentasse na nossa família uma escolha de vida por uma alimentação saudável e um início de uma boa relação com a comida, no que a mim diz respeito! Obrigada.
Sónia, mãe da Maria Rita

Depoimentos

A primeira vez que tivemos contacto com a abordagem BLW estávamos grávidos de 5 meses. Vimos a filha de amigos a comer. Ela tinha 7 meses e ficámos espantados com o que estávamos a ver: a autonomia, a tranquilidade e o prazer marcou-nos. Pedimos mais informações e foi dessa forma que chegámos à Marília Pereira. Quando a nossa filha fez 6 meses, fizemos um curso com ela e experimentámos pela primeira vez esta abordagem com a Clara. Ela mostrou-se curiosa com os alimentos e durante algum tempo era tanto o alimento que ia para fora como para dentro. Aprendemos com a Marília que isto era normal, pois ela estava a aprender a mastigar. A tranquilidade da Marília e a passagem dos conhecimentos, aliado à experiência diária em família, fazia-nos sentir progressivamente mais seguros.

Tranquilidade caracteriza bem o nosso ambiente familiar na hora das refeições. Não lhe conhecemos uma birra ou irritação com a comida. É curioso observar o aumento da destreza, da motricidade fina, a progressiva autonomia, é delicioso acompanhar o prazer da Clara.

Sentimos que esta abordagem nos ensinou, ainda mais, a respeitar os ritmos da nossa filha. Agradecemos à Marília a disponibilidade e o carinho com que nos continua a acompanhar sempre que temos alguma dúvida.


Eneia e Vasco, pais da Clara
Sou mãe da MR, uma menina de 30 meses, e gostaria de partilhar convosco a nossa experiência no mundo da alimentação e como chegámos ao BLW. Conhecemos a Marília Pereira, na qualidade de enfermeira, em consulta de acompanhamento e de apoio à amamentação, a quem muito temos a agradecer em várias vertentes para além da amamentação, como é o caso do BLW. O motivo principal que me fez apaixonar por esta forma de alimentação e de introdução dos alimentos foi a minha história enquanto filha com uma péssima relação com os alimentos. A preocupação de não querer que a minha filha padecesse da mesma má relação com os alimentos foi meio caminho para procurar formas de fazer da hora de refeição um momento agradável e não uma pequena tortura. Depois de alguma leitura pelos princípios base e frequência num curso de preparação de alimentos para a introdução de alimentos por BLW, lá fomos nós para casa experimentar. Actualmente, a MR nos seus 30 meses é uma criança que tem uma relação saudável com a comida, sem qualquer restrição, o que nos permite em família ter momentos de refeição tranquilos (também temos os dias de birras e os dias em que não quer comer, que respeitamos) e de partilha, uma vez que a refeição é preparada para toda a família. Agradecer ao «nosso Baby-Led Weaning», pois fez com que a educação alimentar da MR fomentasse na nossa família uma escolha de vida por uma alimentação saudável e um início de uma boa relação com a comida, no que a mim diz respeito! Obrigada.
Sónia, mãe da Maria Rita

Encomenda agora o teu livro sobre BLW!

16,60€     14,94€*
*IVA incluído à taxa legal em vigor. Acresce portes de envio.

Encomenda agora o teu livro sobre BLW!

16,60€     14,94€
16,60€ 14,94€*
*IVA incluído à taxa legal em vigor. 
Acresce portes de envio.
© 2022 O Bebé Sabe. Todos os direitos reservados
© 2022 O Bebé Sabe. 
Todos os direitos reservados